Paróquia N.S.R. Fátima
Paróquia
Nossa Senhora do Rosário de Fátima
Presidente Prudente - SP
» CAMPANHA DA FRATERNIDADE 2018
26/02/2018
Fonte:Valdomiro Alcântara
CAMPANHA DA FRATERNIDADE 2018
No início, a Campanha da Fraternidade desenvolveu-se mais intensamente durante a Quaresma, mas aos poucos, seu tema foi sendo refletido e engajado dentro da vida da Igreja durante todo o ano em curso. É sempre um tema bem concreto, através do qual somos convidados a reconsiderar nossas atitudes para com o próximo, dando dimensão concreta à nossa conversão pessoal e de nossas comunidades de Igreja.
Inicialmente, os primeiros temas da Campanha da Fraternidade contemplaram mais a vida interna da Igreja. A partir dos anos de 1970 a Igreja passa a se preocupar mais com a realidade social da população, denunciando o pecado social e promovendo a justiça.
Durante a Quaresma, momento oportuno do início da Campanha da Fraternidade, somos convidados a fazer uma experiência de recolhimento, em que pelo jejum, reflexões bíblicas e oração buscamos a conversão e a renovação na caminhada com o Cristo. A Igreja, a cada ano, propõe que a vivência quaresmal se traduza também em solidariedade, com gestos concretos de fraternidade, em especial com os mais necessitados.
A Campanha da Fraternidade do nosso ano de 2018 tem como tema: “Fraternidade e superação da violência” e como lema: “Em Cristo somos todos irmãos (Mt 23,8)”.A Igreja do Brasil planeja ampla discussão e ações sobre a questão da violência que assola o Brasil, não significando que este tema teve menor importância dentro da Igreja, mas que este ano ele ganha um destaque maior devido ao período em que vivemos. A Igreja roga ao Deus da vida a superação da violência que está nas mãos do mundo para que possamos ver um novo céu e uma nova terra, onde seremos um em Cristo, como Cristo é em nós. “E assim mesmo sendo muitos, somos um só corpo em Cristo, mas individualmente somos membros uns dos outros.” (Romanos 12:5)
A Campanha da Fraternidade nos mostra que no mundo existem várias formas de violência, por exemplo: os preconceitos, as agressões físicas e verbais, o bullying, a homofobia, a violência contra a mulher, violência racial, violência contra os jovens, contra as mulheres, violência doméstica, exploração sexual e tráfico humano, violência aos trabalhadores rurais, exclusões sociais, corrupção na política, violência no transito, e muitas outras.
A campanha da fraternidade deste ano nos convoca a viver a prática de Jesus no exercício dos pequenos gestos que o Papa Francisco destaca na ação do Filho de Deus: a escuta, a saída missionária, o acolhimento, o diálogo, o anúncio da paz e a denúncia da violência na dimensão pessoal e social. A lógica do amor é o único instrumento eficaz diante das ações violentas. Todos nós desejamos a paz; muitas pessoas a constroem todos os dias com pequenos gestos; muitos sofrem e suportam pacientemente a dificuldade de tantas tentativas para construí-la.
A Campanha da Fraternidade nos incentiva a superar a violência no seguimento do Evangelho que aponta para a grandeza da vida e a beleza do viver no amor do Pai. Testemunhar a beleza da vida e a graça de em Cristo de vivermos todos como irmãos! Essa verdade do Evangelho deveria ecoar em nossos corações, em nossas comunidades e em nossa sociedade.
Fonte: Valdomiro Alcântara
Paróquia Nossa Senhor do Rosário de Fátima - 2022